6 incríveis benefícios do marmelo para a saúde

O marmeleiro (Cydonia oblonga), é uma árvore que produz fruto marmelo. Muitas pessoas ainda não têm conhecimento dos benefícios do marmelo e as formas de consumi-lo. No entanto, após conhecer seus vários benefícios à saúde, garanto que vão se interessar mais por essa fruta e passar a comê-la com mais frequência.

Em alguns países como Portugal, o marmelo é consumido cru, porém, a marmelada é seu método de consumo mais comum. O marmelo tem uma polpa amarela, dura e áspera, e geralmente, é consumido em forma de doce, principalmente por seu elevado teor de pectina, que dá um sabor especial para os doces, compotas e conservas.

Benefícios do marmelo para a saúde

1 – Ajuda a hidratar

Em primeiro lugar, quanto à composição e valor energético do marmelo, observe que esta fruta tem um elevado teor de água e, por sua vez, é uma baixa caloria (cerca de 25 kcal por 100 g). Por isso, se torna uma boa maneira de manter-se hidratado, mesmo estando em dieta.

2 – Ajuda na digestão

O marmelo é uma boa fonte de fibras solúveis, pectinas e mucilagens, que ajudam na digestão dos alimentos. Portanto, o consumo de marmelo pode prevenir a desidratação em casos de vômitos e também é indicado para tratar outras doenças estomacais.

3 – Controla o colesterol

O consumo desta fruta é também recomendado para pessoas que tendem a ter altos níveis colesterol, uma vez que é rica em fibras solúveis, que reduzem a absorção de colesterol no sangue.

4 – Combate o ácido úrico

Entre os benefícios de marmelo, também ressalta-se a sua contribuição de ácido málico, que é o que lhe confere o gosto amargo, esta característica pode ser utilizada para neutralizar os níveis elevados de ácido úrico.

5 – Trata a diarreia

Seu alto teor de um antioxidante, chamado tanino, faz com que essa fruta seja adstringente, o que torna seu consumo apropriado para tratar a diarreia, principalmente suas sementes.

6 – Rico em potássio

Também é importante notar que o marmelo é um dos alimentos ricos em potássio que podemos incorporar em nossa dieta para proteger nossos músculos, prevenir cãibras e controlar a pressão arterial.

Mais informações

Apesar de pouco conhecido, o marmelo pode ser um grande aliado para a saúde, promovendo vários benefícios para o organismo. O consumo do marmelo em doces ou compotas, deve ser feito de maneira moderada por pessoas que sofrem de diabetes.

Fonte: Dicas sobre saúde

 

Abóbora

A abóbora é uma planta proveniente da América Central e pertence à família das cucurbitáceas, a mesma família do melão, melancia e do pepino.

Possui um baixo valor energético de apenas 9 Kcal por 100g e vários tipos de carotenoides na polpa do fruto (que lhe dá a cor laranja e amarela) sendo que o betacaroteno é pigmento predominante. São substâncias com características antioxidantes e no caso do betacaroteno este é convertido parcialmente em vitamina A no organismo.

Possui muitos benefícios para oferecer à saúde, ela é um alimento bastante versátil e pode ser utilizado em diversas preparações, doces e salgadas. A abóbora é rica em potássio, cálcio, fósforo, ferro, magnésio, zinco, fibra, riboflavina e vitaminas A, C, E e complexo B.

Contém, ainda, fitonutrientes que mantêm a saúde da pele ajudam a impedir os malefícios da luz solar. A polpa é indicada para as doenças dos rins e do coração. Todas as variedades de abóbora são também laxantes e depuradoras de tóxicos intestinais que elevam a pressão arterial. São sempre recomendáveis para quem tem tendência à constipação intestinal.

Também ajuda na dieta de atletas. Isso se deve às vitaminas do complexo B, pois regulam funções importantes no metabolismo e à presença de carotenoides, que são componentes antioxidantes que o corpo transforma em vitamina A.

O consumo de carotenoides protege o organismo de doenças crônicas, como doenças cardíacas e câncer e também previne problemas de visão. As vitaminas do complexo B ajudam a melhorar nosso sistema nervoso, prevenindo doenças neurológicas e conferem mais energia ao organismo.

Para que seus benefícios sejam aproveitados, recomenda-se o consumo regular. Uma porção de abóbora cozida equivale aproximadamente a 50 gramas (1 ½ colher de sopa). O importante é que ela faça parte do  cardápio.

Quem está em dieta para emagrecer e pessoas diabéticas podem usufruir dos benefícios da abóbora. Por ser um alimento rico em fibras e ainda possuir em sua composição carboidratos de baixo índice glicêmico, a abóbora pode favorecer também o controle da glicemia, além de dar a sensação de saciedade.

A semente da abóbora também vem sendo bastante consumida. Ela possui uma boa quantidade de triptofano, um aminoácido importante na produção de serotonina, sendo estes responsáveis pelo controle do humor, sono e apetite. Uma porção de sementes torradas de abóbora por dia é o suficiente para a melhora do humor e disposição. Quando torradas, as sementes apresentam uma boa quantidade de zinco, ômega 3 e fitoesteróis, que são substâncias que auxiliam na redução o colesterol.

Há estudos que demonstraram benefícios na prevenção de câncer de próstata, artrite, no aumento da resposta imunológica, proteção do sistema cardiovascular, além de atuar como vermífugo natural (contra vermes).

As flores da abóbora são usadas em algumas regiões do país como parte de um refogado. Os brotos são utilizados para fazer ensopados e a casca pode enriquecer o arroz, a farofa ou até mesmo a carne moída. Basta usá-la bem picadinha.Para comprar a abóbora sem erro, observe se a casca está firme, lisa, sem rachaduras e sem manchas. Normalmente, ela é vendida em pedaços e, nesse caso, escolha o que parece mais fresco. A abóbora madura deve ficar na geladeira.

Morango

Você sabia que o morango é um fruto originário da Europa? Pertence à família das rosáceas, a mesma das rosas, maçãs, cerejas e pêras. É um fruto carnoso, suculento, de sabor levemente ácido. Destaca-se pela vivacidade de sua cor vermelha. É um alimento com poucas calorias. Rico em vitamina C, betacaroteno, ferro, cálcio, fósforo, potássio, sódio e em menor quantidade de vitaminas A e B.