Frango com berinjela

Ingredientes:

  • 4 berinjelas
  • 1/4 de xícara de azeite
  • 150 g de bacon picado
  • 1 dente de alho amassado
  • 1 frango de 2 kg cortado em pedaços
  • 1/4 de xícara de vinho branco seco
  • 1 lata de tomate pelado (400 g)
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto

Para fritar:

  • 1 1/4 de xícara de azeite

Modo de fazer:

Corte as berinjelas em fatias de 1 cm de espessura no sentido do comprimento. Polvilhe com sal e deixe-as em um escorredor por 30 minutos. Esprema-as levemente e enxugue com papel toalha. Numa panela, aqueça o azeite, o bacon e o alho em fogo médio. Junte os pedaços de frango e deixe dourar dos dois lados. Quando estiver bem dourado, regue com o vinho branco e cozinhe até se evaporar. Acrescente o tomate pelado com o seu suco, sal e pimenta, tampe a panela e cozinhe por 15 minutos ou até a carne ficar macia. Frite no azeite as fatias de berinjela até dourarem dos dois lados. Escorra em papel toalha e junte ao frango cozido. Sirva em seguida.

DICA: Utilize vinho branco seco para esta receita. Você pode substituir o bacon por calabresa em pedaços.

Fonte: Hoje tem frango

 

Abóbora

A abóbora é uma planta proveniente da América Central e pertence à família das cucurbitáceas, a mesma família do melão, melancia e do pepino.

Possui um baixo valor energético de apenas 9 Kcal por 100g e vários tipos de carotenoides na polpa do fruto (que lhe dá a cor laranja e amarela) sendo que o betacaroteno é pigmento predominante. São substâncias com características antioxidantes e no caso do betacaroteno este é convertido parcialmente em vitamina A no organismo.

Possui muitos benefícios para oferecer à saúde, ela é um alimento bastante versátil e pode ser utilizado em diversas preparações, doces e salgadas. A abóbora é rica em potássio, cálcio, fósforo, ferro, magnésio, zinco, fibra, riboflavina e vitaminas A, C, E e complexo B.

Contém, ainda, fitonutrientes que mantêm a saúde da pele ajudam a impedir os malefícios da luz solar. A polpa é indicada para as doenças dos rins e do coração. Todas as variedades de abóbora são também laxantes e depuradoras de tóxicos intestinais que elevam a pressão arterial. São sempre recomendáveis para quem tem tendência à constipação intestinal.

Também ajuda na dieta de atletas. Isso se deve às vitaminas do complexo B, pois regulam funções importantes no metabolismo e à presença de carotenoides, que são componentes antioxidantes que o corpo transforma em vitamina A.

O consumo de carotenoides protege o organismo de doenças crônicas, como doenças cardíacas e câncer e também previne problemas de visão. As vitaminas do complexo B ajudam a melhorar nosso sistema nervoso, prevenindo doenças neurológicas e conferem mais energia ao organismo.

Para que seus benefícios sejam aproveitados, recomenda-se o consumo regular. Uma porção de abóbora cozida equivale aproximadamente a 50 gramas (1 ½ colher de sopa). O importante é que ela faça parte do  cardápio.

Quem está em dieta para emagrecer e pessoas diabéticas podem usufruir dos benefícios da abóbora. Por ser um alimento rico em fibras e ainda possuir em sua composição carboidratos de baixo índice glicêmico, a abóbora pode favorecer também o controle da glicemia, além de dar a sensação de saciedade.

A semente da abóbora também vem sendo bastante consumida. Ela possui uma boa quantidade de triptofano, um aminoácido importante na produção de serotonina, sendo estes responsáveis pelo controle do humor, sono e apetite. Uma porção de sementes torradas de abóbora por dia é o suficiente para a melhora do humor e disposição. Quando torradas, as sementes apresentam uma boa quantidade de zinco, ômega 3 e fitoesteróis, que são substâncias que auxiliam na redução o colesterol.

Há estudos que demonstraram benefícios na prevenção de câncer de próstata, artrite, no aumento da resposta imunológica, proteção do sistema cardiovascular, além de atuar como vermífugo natural (contra vermes).

As flores da abóbora são usadas em algumas regiões do país como parte de um refogado. Os brotos são utilizados para fazer ensopados e a casca pode enriquecer o arroz, a farofa ou até mesmo a carne moída. Basta usá-la bem picadinha.Para comprar a abóbora sem erro, observe se a casca está firme, lisa, sem rachaduras e sem manchas. Normalmente, ela é vendida em pedaços e, nesse caso, escolha o que parece mais fresco. A abóbora madura deve ficar na geladeira.

Carambola

carambola

A carambola é o fruto da caramboleira, uma árvore ornamental de pequeno porte. A fruta parece uma estrela quando cortada e tem cinco gomos. Possui flores brancas e purpúreas. É largamente usada como planta de arborização de jardins e quintais. É originária da Índia, sendo muito conhecida na China.

De sabor agridoce, com coloração variando do verde ao amarelo, dependendo do grau de maturação, rica em sais minerais (cálcio, fósforo e ferro) e contendo vitaminas A, C e do complexo B, a carambola é considerada uma fruta febrífuga (que serve para combater a febre), antiescorbútica (que serve para curar a doença escorbuto – carência de vitamina C, e que se caracteriza pela tendência a hemorragias) e, devido à grande quantidade de ácido oxálico, estimulador do apetite. Seu suco pode ser usado para tirar manchas de ferro, de tintas e ainda limpar metais. Sua casca é utilizada como antidisentérico, por possuir alto teor de tanino – cujo poder adstringente pode prender o intestino.

Pode ser consumida ao natural ou no preparo de geléias, caldas, sucos e conservas. Cortada em fatias e deixada no fogo brando com açúcar, fica quase da mesma consistência e sabor do doce de ameixa-preta. Na Índia e na China são bastante consumidas como sobremesa, assim como as flores e os frutos verdes, que são utilizados nas saladas.

Pessoas portadoras de insuficiência renal não podem comer carambola, pois esta fruta possui uma toxina natural que não é filtrada pelo rim destas pessoas, ficando retida no organismo e atingindo o cérebro, podendo levar inclusive, à morte. Os sintomas de intoxicação são crise de soluços, confusão mental, convulsões e coma.

 

Abacaxi

Abacaxi

O abacaxi é um fruto de regiões tropicais e subtropicais, de grande aceitação em todo o mundo, quer ao natural, quer industrializado, agrada aos olhos, ao paladar e ao olfato. Por essas razões e por ter uma “coroa”, cabe-lhe por vezes o codnome de “rei dos frutos”, que lhe foi dado, logo após seu descobrimento, pelos portugueses. O fruto, quando maduro, tem o sabor bastante ácido e muitas vezes adocicado. Em culinária pode ser utilizado como um poderoso amaciante de carnes. Habitualmente usa-se a polpa da fruta, mas seu miolo e as cascas podem ser aferventadas para produção de sucos. O abacaxi é considerado o símbolo da hospitalidade. Para os povos antigos, colocar um abacaxi do lado de fora das casas é sinal de que visitantes são bem vindos.

O abacaxi pode ser consumido ao natural ou industrializado, sob a forma de fatias ou pedaços em calda, pedaços cristalizados, passa, picles, suco, xarope, geléia, licor, vinho, vinagre, aguardente. Todavia, os principais produtos são as fatias ou pedaços em calda e o suco. Com o suco do abacaxi podem ser preparados refrescos, sorvetes, cremes, balas e bolos. Como subprodutos da industrialização do abacaxi, obtém-se álcool, ácido cítrico (citrato), ácido málico, ácido ascórbico (vitamina C), bromelina (enzima que entra na composição de diversos medicamentos) e rações para animais; do restante da planta, são aproveitados industrialmente as fibras e o amido. O suco do abacaxi contém cerca de 12% de açúcar e 1% de ácidos orgânicos (principalmente ácido cítrico); é considerado boa fonte de vitaminas A e B1, bem como razoável fonte de vitamina C.

No Brasil, a variedade mais plantada é a Pérola (conhecida no exterior como do grupo Pernambuco), que produz fruto de polpa amarelo-pálida, quase branca, de sabor bastante doce e de baixa acidez; as folhas têm as margens armadas de espinhos.

 

 

Maça

maça

Você sabia que a maça é composta de 85% de água e que seu açúcar, chamado de frutose, não provoca cáries? E por ser uma fruta que contém muita fibra, ajuda na limpeza dos dentes por meio do atrito causado na mastigação. Saiba que comer maça em jejum é ótimo para sua saúde em geral, pois contêm vitamina B1, vitamina B2, Niacina, fósforo, ferro, entre outros, sendo assim faz muito bem para o organismo e para a pele. A maçã possui um excelente valor nutritivo, pois em sua casca encontramos a pectina que ajuda a reduzir o colesterol do sangue. É muito utilizada para a fabricação de sucos, doces e também da sidra (bebida alcoólica). É um fruto com propriedade adstringente, sendo excelente para a garganta e cordas vocais. É ótimo também para evitar a constipação intestinal.

banana

Banana

Você sabia que a banana é um dos alimentos mais consumidos no mundo? E mais… a banana nanica não é pequena! Ela tem esse nome porque o seu pé é que é pequeno, não a fruta! Há quatro tipos principais de variedades de banana: a banana-prata; a banana-maçã, a banana-caturra (também conhecida como banana-d’água) e a banana-da-terra. A banana, enquanto verde, é constituída essencialmente por água e amido, e, por isso, seu sabor é adstringente. À medida que vão amadurecendo, o amido transforma-se em açúcares mais simples, como a glicose e a sacarose, que lhe dão o sabor doce. A banana é o segundo fruto mais produzido e consumido no Brasil.

grãos

Grãos

grãos

Se você comer grãos variados frequentemente, terá garantido um super estoque de proteína, nutriente muito importante para manter a constituição e a manutenção dos tecidos corporais. Além disso, as proteínas transportam oxigênio e vitaminas para o corpo todo.

Berinjela

Berinjela

Berinjela

A berinjela é um fruto originário da região da Índia. Possui um formato arredondado (meio oval) com casca fina na cor preta. Na parte interna é branca com várias pequenas sementes. É um alimento rico em vitaminas A, C, B1, B2 e B3. É também uma importante fonte de betacaroteno. É pouco calórica, sendo que cada 100 gramas possui apenas 20 calorias. Estudos recentes apontam que a berinjela é um ótimo alimento, cujo consumo ajuda a reduzir o colesterol. Possui também propriedades laxantes e digestivas. É muito utilizada na culinária (frita, cozida, grelhada e em saladas). A berinjela é uma importante fonte de proteínas.

Gergelim

gergelim

Você sabia que na história de “Ali Babá e os quarenta ladrões” há uma referência ao gergelim? É quando Ali Babá diz: “Abre-te sésamo” e a pedra da caverna se abre revelando um grande tesouro…Sésamo é também o nome dessa semente maravilhosa que fica presa numa cápsula que se abre com facilidade, revelando um grande tesouro nutricional que pode ser consumido cru ou torrado, tanto em alimentos doces quanto salgados.
O gergelim é uma excelente fonte de proteínas, rico em gorduras do bem (gorduras monoinsaturadas) e com grande concentração de fibras. É indicado no controle da glicemia sanguínea (açúcar no sangue). Além disso, o gergelim apresenta grande quantidade de calcio, ajudando no controle da massa corporal gorda, tanto na lipólise (quebra de gordura), quanto na inibição da lipogênese (armazenamento de tecido adiposo). Apresenta também alto teor de fósforo e ferro e é rico em vitaminas do complexo B.

Morango

morango

Você sabia que o morango é um fruto originário da Europa? Pertence à família das rosáceas, a mesma das rosas, maçãs, cerejas e pêras. É um fruto carnoso, suculento, de sabor levemente ácido. Destaca-se pela vivacidade de sua cor vermelha. É um alimento com poucas calorias. Rico em vitamina C, betacaroteno, ferro, cálcio, fósforo, potássio, sódio e em menor quantidade de vitaminas A e B.